Divulgado balanço de mutirão de acordos com bancos

Divulgado balanço de mutirão de acordos com bancosEntre 1º/7 e 5/7, centenas de pessoas passaram pelo auditório do Foro Central II, em Porto Alegre, em busca dos recursos referentes aos expurgos inflacionários nas contas-poupança dos Planos Econômicos Bresser, Verão e Collor II. A ação, proposta pelo Conselho Nacional de Justiça , foi organizada pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do TJRS , com apoio do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania de Porto Alegre e a Federação Brasileira dos Bancos .Foram selecionados 2.450 processos que tramitam em Varas e Câmaras da Capital, mas muitos interessados em aderir ao Acordo Coletivo homologado pelo Supremo Tribunal Federal , que não haviam sido intimados, compareceram ao local. Ao todo, 413 acordos foram realizados nos cinco dias em que os bancos concentraram o atendimento. A maioria das pessoas preferiu esperar o julgamento dos processos e não aderir ao acordo proposto pelos bancos por considerar o valor baixo, devido ao deságio. Em alguns casos, a redução chega a 60% do valor que tramita na ação judicial.A Juíza Coordenadora do CEJUSC, Dulce Ana Gomes Oppitz, homologou os acordos. "Tudo que termina em acordo é bom para todos", afirmou a magistrada. Todos os interessados também podem buscar adesão no endereço eletrônico criado pela FEBRABAN , onde constam todas as informações sobre os bancos aderentes e documentação necessária para simulação do saldo credor.EXPEDIENTETexto: Patrícia CavalheiroAssessora-Coordenadora de Imprensa: Adriana Arendimprensa@tjrs.jus.br Publicação em Tue Jul 09 15:28:00 BRT 2019 Esta notícia foi acessada: 37 vezes.
09/07/2019 (00:00)
Visitas no site:  42990
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia